Você é direito ou esquerdo?

Atualizado: Set 23

Um belo dia, estava eu fazendo minha caminhada matinal, e me veio uma reflexão na cabeça. Em meio ao momento turbulento que estamos passando, principalmente no cenário político de uma forma geral, o que envolve, a saúde, educação, economia e tudo que for relacionado, percebi que em meio a tanta turbulência, ainda assim, uma parcela da população, não sei se uma menor ou uma maior parcela, porém uma parcela significativa, e de uma certa forma representativa de alguns grupos sociais, disseminando discursos que mais afastam do que unem os seres humanos, criando mais muros e menos pontes.


A velha discussão entre direita e esquerda, e o vídeo sobre essa reflexão você encontra lá no meu canal, CLICANDO AQUI.


Mas o que quero compartilhar nesse texto é uma reflexão complementar ao que falei. Como pesquisador praticante e estudante de movimento, em um de meus estudos, mais especificamente sobre um método que vem me encantando - na verdade já vivenciava em minha prática, mas sem conhecer esse referencial teórico - chamado Feldenkrais. Em uma de minhas pesquisas, uma abordagem do método é o que Moshe chamou de "escaneamento sensorial", que consiste em posição deitado de costas, você perceber seu corpo e a forma como ele se relaciona, se comunica, se expressa com o solo e as diferentes formas de resposta, principalmente entre os lados, direito e esquerdo do seu corpo.


É impressionante, como por exemplo, nessa posição, como as pressões entre os lados do nosso corpo são diferentes, como a distribuição do nosso peso corporal é diferente entre um lado e outro, e como isso interfere na interação com o solo e nossa forma de se movimentar.


Faça o teste simples:


Deitado no solo, da forma mais relaxada que conseguir, pernas esticadas, e braços estendidos ao lado do corpo. Dê alguns minutos de atenção para sua respiração, sem julgamento, só a perceba.

Na sequência, direcione sua atenção para seus pés, mais precisamente no local onde ele toca o solo. Perceba o seu pé direito e seu pé esquerdo em contato com o solo e sinta se há alguma diferença de pressão entre os lados, perceba se a pressão é simétrica, ou seja, a pressão que faz de um lado, ocorre exatamente no mesmo local do outro lado?

Agora direcione sua atenção para seus dedos dos pés, e perceba para que direção eles estão apontando. Os dedos formam uma angulação simétrica, ou um lado aponta em um angulo diferente ao outro?


Depois da pesquisa, dedique um tempo voltando sua atenção para a sua respiração, e sinta e perceba todo seu corpo.


É bem provável que, se você é um ser humano, asim como eu, que passou alguns anos da sua vida sentado em uma cadeira escolar, e já dedicou alguns anos da sua vida há um determinado trabalho específico, é bem possível que exista alguma diferença entre os lados, e se você conseguiu perceber isso, celebre, pois você conseguiu acessar sua consciência e perceber que tem um lado diferente do outro, e está tudo bem, esse é você nesse momento presente. Isso não significa que é bom ou ruim, que é normal ou anormal, sem julgamentos, só celebre e aceite a diferença. Caso você não perceba nenhuma diferença através das sensações, tudo bem também, você está no seu tempo.


O que me motivou a escrever esse texto é a seguinte reflexão:


Não me desperta um ódio do meu lado não dominante só porque ele não consegue executar com maestria a maioria das atividades que eu preciso realizar no meu dia a dia como meu lado dominante faz, em contrapartida, existem algumas atividades que meu lado não dominantes executa, que o o outro não consegue com tanta expertise. Tento aprender com o outro, e desenvolver novas habilidades, aperfeiçoar tantas outras, e assim seguir o meu caminho de desenvolvimento pessoal como ser humano, e assim ser maior contribuição para o desenvolvimento humano coletivo, ser cada vez mais contribuição para o universo potencializando minhas habilidades.


Um pensamento adquirido através da prática de movimento, uma forma de descobrir como acessar minha consciência pelo movimento.


Com amor,


Brau Reis.

@obraureis


Posts recentes

Ver tudo

Treine de forma inteligente!

A real importância da musculação para nossa saúde Você provavelmente já escutou por ai que para um treino ser bom e gerar resultados ele precisa ser intenso, não é verdade? Escrevi esse artigo para de